SBCC e CEFET-MG fazem estudo sobre COVID-19 e efeito da suspensão das missas

A SBCC e o Grupo de Pesquisa em Modelagem de Problemas Biológicos do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG) realizaram, em parceria, um estudo inédito sobre o efeito da suspensão das missas na evolução da epidemia da COVID-19 no Brasil.

A medida de suspensão de missas com presença de fiéis foi tomada pela maioria das dioceses brasileiras por volta do dia 21 de março de 2020. Segundo o estudo, “Dentro das hipóteses e casos considerados nesta estimativa, os resultados apontam que apenas essa medida pode ter sido responsável pela redução de 2,6% no número de casos de infecção e mortes no país e pela redução de cerca de 9,7% do número de casos de hospitalização simultâneos durante o pico da epidemia.”

Como a restrição aos sacramentos tem sido uma dolorosa privação para a maioria dos fiéis é importante trazer luz à real contribuição dessa restrição. Com esse estudo a SBCC pretende colaborar tanto para a divulgação científica junto ao público católico, como salientar para a sociedade em geral os esforços que a Igreja tem feito no intuito de auxiliar no enfretamento da pandemia.

Acesse aqui o estudo na íntegra.

6 comentários em “SBCC e CEFET-MG fazem estudo sobre COVID-19 e efeito da suspensão das missas”

  1. Aparecida Pinheiro Salvadeo

    Como Cristãos, fiéis e conscientes, devemos sempre pensar em proteger nossos irmãos. Viver a Unidade.

Deixe um comentário para Aparecida Pinheiro Salvadeo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.